Adoração em Goiânia no Ministério Ouvir e Crer

Na última terça-feira dia 7 de fevereiro, estive ministrando com nossa equipe da Shores of Grace em Goiânia, na igreja Ministério Ouvir e Crer, onde eles têm uma reunião de oração semanal. Foi um momento de adoração e oração onde o Pai ministrou muito ao coração dos que estavam presentes. O pastor Eber Rodrigues nos recebeu às 18:30, uma hora e meia antes da reunião, ele nos honrou muito e logo ao chegarmos ali nós sentimos que Deus tinha algo especial para aquela noite. Nossa equipe passou o som com o Nic e a adoração já começou nesse momento de ajuste de som. Por volta das 19:15 o som estava pronto para a reunião, mas continuamos adorando, o pastor Eber disse que podíamos fazer um intervalo ou continuar esse momento até o início da reunião em adoração. Sabíamos que devíamos continuar louvando e derramando nossos corações. Por volta das 20:00 as pessoas ainda estavam chegando e já tínhamos mais de 30 pessoas e estávamos todos no propósito de buscar o coração do Pai.

Eu estava como de costume ao lado do meu pai espiritual enquanto ele liderava louvor e adoração e também traduzindo as palavras declaradas para o Português durante a adoração. No início eu senti o Senhor nos chamando para afundarmos no rio Dele. E a cada minuto eu sentia a densidade de águas mais profundas. No louvor congregacional, na unidade do Corpo nós estávamos alinhando nossa canção ao som das batidas do coração do Pai. Com gemidos, orações, canções, lágrimas e gritos o Espírito Santo se manifestava em cada irmão. A presença de Deus se tornou palpável, nesse instante Nic começou a ministrar uma canção espontânea sobre a confiança total em Deus, e nesse momento eu pude ver os anjos ministrando livremente entre nós. Muitos já estavam no chão e nós descíamos mais e mais no Rio de águas vivas. Nesse momento éramos mais de 60 pessoas.

A música era a Fogo que Consome, um clamor pelas chamas de amor e paixão, cantávamos declarando pelas nossas famílias, nossos amigos, pela nossa cidade, estado, nação e pela nossa geração. Eu comecei a sentir arder em meu peito, íntima compaixão pelo perdido, pela viúva, pelo órfão e pelo estrangeiro. Deus começou a ministrar no meu coração, e eu com relutância não queria compartilhar no microfone. Mas uma dor foi crescendo no meu coração, e o Senhor confirmou na palavra.

“Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade; mas qualquer que guarda a sua palavra, nele realmente se tem aperfeiçoado o amor de Deus. E nisto sabemos que estamos nele; aquele que diz estar nele, também deve andar como ele andou.” (1 João 2.4-6)

Com a Palavra somos aperfeiçoados no amor de Deus, amor pelos filhos e filhas perdidos, pelas crianças abandonadas e abusadas, pelos viciados em drogas e pelas prostitutas e travestis. E só saberemos que estamos de fato e verdadeiramente nele, na videira verdadeira, se como Jesus nós andarmos. Se formos Jesus na terra, então seremos a revelação que o mundo anseia tão ardentemente dos filhos e filhas de Deus (Romanos 8).

Eu confesso que não vi muito mais o que aconteceu depois disso, eu peguei o microfone e comecei a declarar as palavras como o Senhor me conferia a revelação. Eu senti o peso da Glória. Foi um momento de profunda compaixão, amor e revelação. Deus começou a buscar no profundo de cada um o chamado da Igreja. Nós estávamos mergulhados no Espírito e agora o Rio fluía de dentro de nós. E representando o Corpo de Cristo no Brasil, o Senhor falou sobre a igreja local não em exclusivo, e sim incluindo a Igreja do Senhor Jesus como um todo, dizendo que Ele está levantando pessoas que serão Jesus na terra, que manifestarão seu amor, seu poder e trarão das trevas os perdidos para a luz. O Pai disse que quando o mundo olhar nessas pessoas o mundo dirá: quando eu as vejo, eu vejo o Pai.

Nesse momento eu estava em prantos, totalmente dolorido em meu corpo tamanha a presença tangível de Deus. Após isso, Aline nossa líder de intercessão cantou palavras proféticas sobre a igreja. Já tínhamos passado das 21:00 e ainda repousávamos no Espírito. O Nic estava deitado no chão, e emanava do altar e de nós águas vivas. O rio que vai inundar a cidade, a nação, e nossa geração.

E é isso Ekklésia – palavra do original para ‘igreja’ na Bíblia e que significa ‘chamados para fora’. Quando aceitamos o chamado, permitimos que a autoridade de Jesus exercida em nós quebre as amarras, inclusive as mentiras da religião. Seja livre, seja Igreja, seja Jesus na terra, para toda as esferas de influências. Que venha o Reino dos céus!

Da Colheita,

Jonathan Costa

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s