Recife e Lages no Carnaval

Durante o período de carnaval, eu estive em Recife na primeira parte e depois em Lages. Nesse primeiro instante da viagem, eu, Nic e Aline tivemos a oportunidade de ministrar nas ruas de Recife com duas visitantes amigas nossas do IHOP de Kansas City. Blaire e Amy são parte do Exodus Cry, ministério de resgate de pessoas do tráfico sexual humano. Nas ruas foi um encontro forte de destruição, desolação e de amor e compaixão. O coração saltava enquanto sangrando.

Em cada esquina de Recife a dura realidade de crianças e adolescentes marginalizadas e machucadas, abusadas e abandonadas. Também adultos e idosos sem qualquer esperança. Eu nunca me senti tão ferido, e estava desejoso de dar um fim a tudo isso. E nesse coração, Deus me permitiu ver o desejo Dele para esses pequeninos, para essas lindas jovens que não têm nenhum valor da sociedade, mas que são princesas do Rei.

Fiquei extremamente entusiasmado, e vi restauração, sonhos de paz e prosperidade para nossos novos amigos.

20120224-011738.jpg

20120224-011826.jpg

Depois desse incrível momento, fomos para Lages, SC. Lá conhecemos a maravilhosa família da Comunidade Cristã de Lages e juntamente com a banda It’s OK tivemos um dos melhores fins de semana na presença do Pai. Foi tão poderoso que faltam palavras. Os jovens receberam uma verdadeira bomba de amor de Jesus, e nós fomos inundados pela presença. O fluir no profético foi maravilhoso e todos começaram a andar em um novo nível de poder e autoridade. Estou certo que esses jovens vão transformar Lages, Joinville, Santa Catarina, o Brasil e as nações do mundo. Estou super ansioso para ouvir os testemunhos deles.

A família Schmitt está no meu coração e eu os amo e tenho orgulho de fazer parte da família. Espero estar com eles de volta em breve.

Esse foi só uma atualização para vocês saberem o que eu e a Shores esteve fazendo nesse fim de semana. Fique ligado que tem palavra Rhema em breve para vocês.

No amor do Pai,

Jonathan!

20120224-013116.jpg

20120224-013218.jpg

Adoração em Goiânia no Ministério Ouvir e Crer

Na última terça-feira dia 7 de fevereiro, estive ministrando com nossa equipe da Shores of Grace em Goiânia, na igreja Ministério Ouvir e Crer, onde eles têm uma reunião de oração semanal. Foi um momento de adoração e oração onde o Pai ministrou muito ao coração dos que estavam presentes. O pastor Eber Rodrigues nos recebeu às 18:30, uma hora e meia antes da reunião, ele nos honrou muito e logo ao chegarmos ali nós sentimos que Deus tinha algo especial para aquela noite. Nossa equipe passou o som com o Nic e a adoração já começou nesse momento de ajuste de som. Por volta das 19:15 o som estava pronto para a reunião, mas continuamos adorando, o pastor Eber disse que podíamos fazer um intervalo ou continuar esse momento até o início da reunião em adoração. Sabíamos que devíamos continuar louvando e derramando nossos corações. Por volta das 20:00 as pessoas ainda estavam chegando e já tínhamos mais de 30 pessoas e estávamos todos no propósito de buscar o coração do Pai.

Eu estava como de costume ao lado do meu pai espiritual enquanto ele liderava louvor e adoração e também traduzindo as palavras declaradas para o Português durante a adoração. No início eu senti o Senhor nos chamando para afundarmos no rio Dele. E a cada minuto eu sentia a densidade de águas mais profundas. No louvor congregacional, na unidade do Corpo nós estávamos alinhando nossa canção ao som das batidas do coração do Pai. Com gemidos, orações, canções, lágrimas e gritos o Espírito Santo se manifestava em cada irmão. A presença de Deus se tornou palpável, nesse instante Nic começou a ministrar uma canção espontânea sobre a confiança total em Deus, e nesse momento eu pude ver os anjos ministrando livremente entre nós. Muitos já estavam no chão e nós descíamos mais e mais no Rio de águas vivas. Nesse momento éramos mais de 60 pessoas.

A música era a Fogo que Consome, um clamor pelas chamas de amor e paixão, cantávamos declarando pelas nossas famílias, nossos amigos, pela nossa cidade, estado, nação e pela nossa geração. Eu comecei a sentir arder em meu peito, íntima compaixão pelo perdido, pela viúva, pelo órfão e pelo estrangeiro. Deus começou a ministrar no meu coração, e eu com relutância não queria compartilhar no microfone. Mas uma dor foi crescendo no meu coração, e o Senhor confirmou na palavra.

“Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade; mas qualquer que guarda a sua palavra, nele realmente se tem aperfeiçoado o amor de Deus. E nisto sabemos que estamos nele; aquele que diz estar nele, também deve andar como ele andou.” (1 João 2.4-6)

Com a Palavra somos aperfeiçoados no amor de Deus, amor pelos filhos e filhas perdidos, pelas crianças abandonadas e abusadas, pelos viciados em drogas e pelas prostitutas e travestis. E só saberemos que estamos de fato e verdadeiramente nele, na videira verdadeira, se como Jesus nós andarmos. Se formos Jesus na terra, então seremos a revelação que o mundo anseia tão ardentemente dos filhos e filhas de Deus (Romanos 8).

Eu confesso que não vi muito mais o que aconteceu depois disso, eu peguei o microfone e comecei a declarar as palavras como o Senhor me conferia a revelação. Eu senti o peso da Glória. Foi um momento de profunda compaixão, amor e revelação. Deus começou a buscar no profundo de cada um o chamado da Igreja. Nós estávamos mergulhados no Espírito e agora o Rio fluía de dentro de nós. E representando o Corpo de Cristo no Brasil, o Senhor falou sobre a igreja local não em exclusivo, e sim incluindo a Igreja do Senhor Jesus como um todo, dizendo que Ele está levantando pessoas que serão Jesus na terra, que manifestarão seu amor, seu poder e trarão das trevas os perdidos para a luz. O Pai disse que quando o mundo olhar nessas pessoas o mundo dirá: quando eu as vejo, eu vejo o Pai.

Nesse momento eu estava em prantos, totalmente dolorido em meu corpo tamanha a presença tangível de Deus. Após isso, Aline nossa líder de intercessão cantou palavras proféticas sobre a igreja. Já tínhamos passado das 21:00 e ainda repousávamos no Espírito. O Nic estava deitado no chão, e emanava do altar e de nós águas vivas. O rio que vai inundar a cidade, a nação, e nossa geração.

E é isso Ekklésia – palavra do original para ‘igreja’ na Bíblia e que significa ‘chamados para fora’. Quando aceitamos o chamado, permitimos que a autoridade de Jesus exercida em nós quebre as amarras, inclusive as mentiras da religião. Seja livre, seja Igreja, seja Jesus na terra, para toda as esferas de influências. Que venha o Reino dos céus!

Da Colheita,

Jonathan Costa

Worship at Ouvir e Crer Ministries in Goiânia

Last Tuesday February 7th, our Shores of Grace team went to minister in Goiânia at Ouvir e Crer Ministries Church, where they host a weekly prayer night. It was a moment of worship and prayers and the Father ministered to the hearts of all who attended. We arrived at 6:30 pm, 1.5 hour before the meeting, pastor Eber Rodrigues received us with great honor. As soon as we arrived there we knew God had something special for that night. Nic and team started sound check and worship begun as we were adjusting the sound system. Around 7:15 pm the sound was ready, but we kept worshiping, pastor Eber said we could either stop for a break or keep worshiping as the meeting would start. We knew we had to keep worshiping and pouring our hearts out. Close to 8:00pm people were still arriving at that point there were about 30 persons and all in the purpose of seeking the Father’s heart.

I was as usual beside my spiritual father, as he was leading worship, I was translating prophetic words into Portuguese. In the beginning I felt the Lord calling us to sink in His river. And in every minute I felt the density of deeper waters. In congregational praises, in unity of Body we were aligning our song at the sound of Farther’s heartbeat. The room was full with groanings, prayers, songs, tears and shouts as the Holy Spirit was manifest in each brother. The presence of God became so thick, then Nic started to sing spontaneously about total trust in God, at this moment I was able to see the angels freely ministering among us. Many were laying on the floor and we were going more and more down in the river of living waters. At this point there were more then 60 people.

The song was All Consuming Fire, a cry for the flames of love and passion, we sang it declaring it over our families, our friends, our city, state, nation and over our generation. I started to feel a burning in my chest, an intimate compassion for the lost, for the widow, for the orphan and for the foreigner. God was touching in my heart, and I reluctantly did not want to share on the microphone. But a pain was growing in my heart and God confirmed in the Word.

“Whoever says ‘I know him’ but does not keep his commandments is a liar, and the truth is not in him, but whoever keeps his word, in him truly the love of God is perfected. By this we may know that we are in him: whoever says he abides in him ought to walk in the same way in which he walked.” (1 John 2:4-6)

The Word perfects us in God’s love, love for the lost sons and daughters, for abandoned and abused children, for drugs addicts and for prostitutes and transvestites. And we will only know that we are indeed and truly in Him, the true vine, if as Jesus we walk. If we are like Jesus on earth, then we will be the revelation the world eagerly desires, sons and daughters (Romans 8:19).

I confess I did not see much more after this, I grabbed the microphone and started to speak as the Lord revealed to me. I felt the weight of the Glory. It was a moment of profound compassion, love and revelation. God was calling the depth of each one for the calling of the Church. We were immersed in the Spirit and now the River was flowing from us. The Lord said about the local church representing the Body of Christ in Brazil, the Church of Jesus Christ, He said He is raising people to be Jesus on earth, who will manifest His love, His power and who will bring the lost from darkness to light. When the world sees them the world will say, ‘I see the Father.’

At this point I was weeping, totally in pain for God’s presence was so tangible. Then Aline our intercession leader sang prophetic words over the church. It was over 9:00 pm and we were resting in the Spirit. Nic was laying on the floor, and living waters were flowing from the altar and from us. The river that will flood the city, the nation and our generation.

That is Ekklésia – original word for ‘church’ in the Bible that means ‘called out’. When we accept the calling, we allow the authority of Jesus to break the chains, including the
Iies of religion. Be free, be Church, be Jesus on earth, for every aspect of society. Let the Kingdom of heaven!

From the harvest,

Jonathan Costa